Iniciativas diversas

Em particular, neste Ano Paulino, desejamos:
  • Deixar-nos guiar pelas reflexões propostas no Projeto de Animação, a fim de saborear “juntas” a riqueza da nossa “paulinidade”;
  • Intensificar a meditação pessoal e a partilha comunitária da Palavra, privilegiando textos paulinos;
  • Empenhar-nos, especialmente em alguns tempos “fortes” do Ano (por exemplo, por ocasião da novena na conversão de São Paulo ou na solenidade de São Paulo), na “leitura contínua” de alguma carta do Apóstolo Paulo (especialmente a Carta aos Gálatas, a Primeira aos Coríntios e a Carta aos Filipenses);
  • Abrir o coração a todos os povos e culturas, dando também aos nossos centros um particular rosto ecumênico, segundo o desejo do Papa de “que o Ano Paulino contribua para renovar o nosso entusiasmo missionário e para tornar mais intensas as relações com os nossos irmãos do Oriente e com os outros cristãos que, como nós, veneram o Apóstolo dos gentios”;
  • Cuidar com mais intensidade da pastoral vocacional, partilhando com as jovens e com os leigos as riquezas do carisma paulino;
  • Crescer no sentir-nos “Família” e “Família Paulina”, uma Família que se alegra junto, cresce junto, partilha a beleza do dom.
Com o Papa Bento XVI, que tanto desejou celebrar este Ano Paulino, desejamos que “São Paulo, grande evangelizador e incansável construtor de unidade, nos ajude a sermos dóceis à voz do Espírito e nos obtenha aquele ardor missionário que inflamou toda a sua existência”.
Ir. M. Antonieta Bruscato
Superiora Geral

This post is also available in: Inglês Francês Italiano Espanhol