Itália II

Roma – Prêmio Paulinas 2009
Será dom Fortunato Di Noto a receber para a Meter Onlus, uma associação empenhada em defender a infância na luta contra a pedofilia e a pedo-pornografia, o Prêmio Paulinas, Comunicação e Cultura 2009, reconhecimento conferido, todos os anos, aos operadores dos mídia ou associações culturais que se destacam em expressar concretamente, com uma obra ou uma atividade, a mensagem do Papa para o Dia Mundial das Comunicações Sociais.
 
Com esse momento celebrativo, no dia 23 de abril de 2009 será concluído o programa da Convenção anual organizada pela Pontifícia Universidade Lateranense, pelo Centro Comunicação e Cultura Paulinas e pelo Serviço Nacional para as Comunicações Sociais da CEI, tendo em vista a celebração do Dia mundial das Comunicações Sociais (24 de maio de 2009). O tema escolhido por Bento XVI para este 43º Dia Mundial das Comunicações 2009 é Novas tecnologias, novas relações. Promover uma cultura de respeito, de diálogo, de amizade.
 
Para ilustrar esses aspectos delicados do tema, haverá a intervenção, na aula Pio XI da Pontifícia Universidade Lateranense de: Domenico Pompili, diretor do Serviço nacional para as comunicações sociais; Diego Contreras,daPontifícia Universidade Santa Cruz; Michele Sorice, da Pontifícia Universidade Gregoriana; Maria Antonia Chinello, da Pontifícia Faculdade de Ciências da Educação “Auxilium”, e Fábio Pasqualetti, da Universidade Pontifícia Salesiana.
 
As colocações do dia serão concluídas com a “lectio magistralis” Social network e novos perfis antropológicos, feita porDerrick De Kerckhove, diretor do Programa McLuhan na Cultura e Tecnologia, Universidade de Toronto. O dia de reflexão será aberto com a saudação de DomClaudio Maria Celli, presidente do Pontifício Conselho das comunicações sociais; pelo moderadorDario Edoardo Viganò, presidente do Pontifício Instituto Pastoral Redemptor Hominis (PUL) e Massimiliano Padula, professor do mesmo Instituto.
 
Durante a convenção serão apresentadas duas experiências em rede: Um netbook para cada criança com Paola Limone,professora do curso elementar, e Viver em rede: a experiência do network www.paoloditarso.it com Fabio Gallo, especialista em conectividade.
 
Verona – Um concurso com prêmios nas escolas para conhecer são Paulo
Teve grande acolhida e suscitou muito entusiasmo a iniciativa que as Filhas de São Paulo de Verona, em colaboração com o prefeito e a direção da escola da diocese promoveram para celebrar os dois mil anos de nascimento do apóstolo Paulo: um concurso com prêmios, com o tema Paulo: da espada à Palavra, destinado aos estudantes das escolas veronesas de todas as categorias e graus, proposto também como experiência de trabalho de grupo e aprofundamento interdisciplinar.
 
Com a finalidade de conhecer a vida, a mensagem e as obras de Paulo, a competição criativa (dezembro de 2008 – março de 2009) contabilizou a participação de 95 classes com mais de 1.800 alunos que, junto aos seus professores, se colocaram a trabalhar com verdadeira paixão, para desenvolver desenhos, fotonovelas, fotos, vídeos, artigos, poesias .. que produziram em papel ou multimídia para ser avaliado na competição. Os resultados foram surpreendentes!
 
Depois de uma atenta avaliação por parte de uma comissão científica, cujo julgamento se baseou na coerência dos trabalhos em relação ao tema proposto, a clareza do percurso didático seguido e o valor técnico e estético do trabalho, foram premiadas 18 escolas de Verona e da província (escola primária, escola secundária do primeiro grau, escola secundária do segundo grau).
 
Os prêmios descritos no concurso foram conferidos aos vencedores numa cerimônia ocorrida no dia 22 de maio, junto ao episcopado, na presença do bispo, Dom Giuseppe Zenti, dos representantes das entidades promotoras e de autoridades do mundo civil e religioso.
 
Para todos os alunos das classes vencedoras foram ofertados prêmios das Paulinas e dos Paulinos.
 
Milão – O cardeal Tettamanzi encerra, com a Família Paulina, o Ano dedicado a são Paulo
Domingo, 28 de junho, nas primeiras vésperas da solenidade dos santos Pedro e Paulo, também a diocese de Milão honrou o apóstolo Paulo, concluindo o ano a ele dedicado. No cenário sugestivo da Basílica de Santo Ambrósio realizou-se a Celebração Eucarística, presidida pelo cardeal Dionísio Tettamanzi.
 
A Família Paulina foi a alma da festa litúrgica: um grupo numeroso de padres Paulinos concelebrou com o cardeal e o monsenhor Ermínio De Scalzi, abade da Basílica e bispo auxiliar. Estavam presentes a comunidade das Filhas de São Paulo de Milão e uma representação de Como e Lugano, as irmãs Pias Discípulas, as irmãs Pastorinhas presentes na diocese, com um grupo de paroquianos; e ainda, Anunciatinas, membros da Sagrada Família e Cooperadores, entre os quais um grupo provindo de Bréscia. Também muitos amigos, colaboradores e conhecidos, Institutos religiosos, femininos e masculinos que, de algum modo, estão ligados à nossa Família religiosa.
 
O cardeal Tettamanzi, na sua homilia, expressou gratidão a Deus pelo Ano Paulino, pelos “frutos de conhecimento e de imitação do coração do Apóstolo, em seu encantamento por Cristo e sua paixão missionária pelo Evangelho da salvação”. E ainda, “pelo grande contributo que vocês, Família Paulina de Milão, deram para o bom êxito do Ano Paulino”.      
 
O cardeal confiou a nós, Paulinos e Paulinas, e a cada pessoa de boa vontade o empenho “de continuar a conhecer são Paulo”, para aprender com ele a considerar sempre mais o Evangelho como “dom de Deus”, que para o Apóstolo representou tudo o que era e o que tinha. “O Evangelho de Cristo é sua vida, sua paixão, sua alegria, sua esperança”.         
 
Este é o desejo e o pensamento que animam e sustentam a ação missionária paulina na Igreja de Milão, como em cada lugar do mundo.  

This post is also available in: Inglês Francês Italiano Espanhol